Junto com a estação mais fria do ano, chegam também doenças que insistem em aparecer nessa época, como as respiratórias. Se os adultos estão suscetíveis a elas, os idosos apresentam ainda maiores chances de serem acometidos, devido ao sistema imunológico fragilizado. Com isso, a alimentação no inverno necessita de uma atenção especial para poder reforçar a saúde.

Os alimentos, sem dúvidas, são a principal maneira de fortalecer a imunidade. Sendo assim, conhecer aqueles que mais contribuem para isso é essencial na preparação de um cardápio adequado às pessoas da terceira idade.

Pensando nisso, preparamos este post para apresentar os 5 tipos de alimentos essenciais para manter os idosos saudáveis nessa estação. Confira!

1. Verduras

As verduras são ricas em vitaminas, sais minerais, fibras e estão no grupo dos alimentos hipocalóricos, ou seja, que apresentam uma baixa quantidade de calorias. Para compor a dieta de idosos no inverno, aquelas que têm coloração verde-escura são as melhores.

Esses vegetais trazem benefícios incríveis ao organismo, o que inclui o aumento da imunidade. A alface, o espinafre, o brócolis e a couve mostram-se como ótimas opções, pois contêm cálcio, ferro e vitamina C, que protegem o corpo de doenças.

Além disso, possuem ação anti-inflamatória capaz de evitar faringite — uma inflamação na faringe, muito comum nas épocas de temperaturas mais baixas.

2. Legumes

Os legumes são tão importantes quanto as verduras na alimentação de um idoso. Trata-se de uma excelente fonte de nutrientes, que auxilia no funcionamento do organismo. Nesse caso, escolher alimentos de diferentes cores dessa categoria garante que nutrientes variados estão sendo ingeridos.

Para fortalecer o sistema imunológico, a beterraba — rica em vitamina A, B1, B2, B5, magnésio, potássio, ferro e fósforo — é uma boa escolha. Ela previne resfriados, gripes e inflamações.

O gengibre, que tem inúmeras propriedades medicinais, pode ser utilizado para aumentar a temperatura do corpo nos dias frios e combater o vírus da gripe.

3. Frutas cítricas

As frutas cítricas contam com uma alta concentração de vitamina C e apresentam uma boa quantia de fibras — desse modo, também são eficientes para prevenir doenças. Além desse benefício, são ricas em serotonina (substância do organismo responsável pela sensação de bem-estar), fator que também é capaz de atuar na prevenção de enfermidades.

Sucos de acerola, laranja e limão podem ser incluídos no cardápio dos idosos para aumentar a imunidade.

4. Alimentos ricos em zinco

O zinco é um mineral que atua diretamente no sistema imune. As células encarregadas de proteger o organismo de corpos estranhos apresentam várias enzimas que precisam desse mineral para atuar perfeitamente.

Por isso, no inverno, as doses de zinco também precisam ser reforçadas. Ele pode ser encontrado em produtos de origem animal, como nas carnes vermelhas magras ou na aveia, sementes de abóbora e castanhas.

5. Alimentos com ômega 3

O ômega 3 é um ácido graxo com a capacidade de reduzir a produção de compostos inflamatórios que danificam o sistema imunológico, melhorar o funcionamento e regular as funções dele. Dessa forma, vale a pena incluir peixes como atum, sardinha, bacalhau e salmão no cardápio dos idosos para deixá-los saudáveis.

Como você pode perceber, existem diversas opções de alimentos para incluir na alimentação no inverno e, assim, manter a saúde das pessoas na terceira idade. Para que a ingestão seja feita em quantidade considerável, escolha aqueles que mais agradam o paladar do idoso. Assim, será possível proporcionar qualidade de vida a ele, independentemente da época do ano.

E aí, gostou do post? Então, curta nossa página do Facebook e fique por dentro de todos os nossos conteúdos!