Muitos idosos podem achar que suas vidas diárias não têm contato regular com outras pessoas. Isso pode gerar diversos problemas. É importante evitar o isolamento social e aumentar a qualidade de vida na terceira idade!

Quando vivem sozinhos, os adultos mais velhos geralmente sofrem de isolamento social. Essa é uma condição que pode afetar negativamente a saúde e a felicidade deles.

Isso faz com que se sintam desimportantes. O isolamento social atua fazendo com que os idosos se sintam um fardo, gerando depressão e ansiedade.

Conheça as melhores maneiras de evitar o isolamento social. Contribua para que seus entes queridos passem os melhores momentos possíveis de suas vidas e que prosperem por muitos anos!

 

 

O que é e como evitar o isolamento social, melhorando a qualidade de vida?

 

 

 

Connie Chow, uma especialista em idosos, relata que o isolamento social entre idosos ocorre quando uma interação mínima com outras pessoas impede que eles desenvolvam relacionamentos próximos com terceiros.

  • “Muitas vezes eles sentem que já não pertencem a um senso social”, diz Chow.
  • O isolamento social é comum em adultos mais velhos. Chow cita um estudo, publicado no Journal of Primary Prevention, que estima que até 43% dos idosos que vivem em casa sentem-se socialmente isolados.

 

 

Causas do isolamento social

 

 

O isolamento social acontece por uma variedade de circunstâncias comuns na vida dos idosos. Eles não têm mais um emprego para ocupar seu tempo ou uma família para criar.

  • Muitos idosos podem ser viúvos, estarem imobilizados ou serem incapazes de dirigir.
  • Chow observa que condições médicas, como incontinência ou demência, podem ter um impacto enorme na vida social dos idosos.
  • Perder familiares e amigos, que morrem ou se afastam, pode diminuir as oportunidades e os desejos de socialização dos idosos.

 

 

Sintomas de isolamento social

 

 

“A personalidade também pode desempenhar um papel no isolamento social”, diz Chow. “Comportamentos como afastar os visitantes, estar agressivamente irritado ou recusar ajuda em casa aumentam o isolamento social.

As questões as serem feitas para evitar o isolamento social concentram-se na qualidade de vida e frequência das interações sociais, tais como:

  • Quantos familiares ou amigos o idoso vê ou conversa pelo menos uma vez por mês?
  • Quantos familiares ou amigos se sentem confortáveis em falar de assuntos privados com o idoso?
  • Com quantos familiares ou amigos o idoso se sentiria confiante o suficiente para pedir ajuda?

 

 

Aprenda a evitar o isolamento social e a melhorar a qualidade de vida do idoso

 

 

Quais são algumas maneiras pelas quais você pode ajudar os idosos a evitar o isolamento social e melhorar sua qualidade de vida?

Chow sugere ajudá-los a formar conexões pessoais, convidando familiares ou amigos a comparecerem regularmente para refeições, como um almoço ou até mesmo um café / chá. Para idosos ativos, Chow recomenda essas dicas adicionais:

 

1. Participe de atividades em igrejas locais, centros comunitários ou bibliotecas, apostando em qualidade de vida.

 

  • Participe de atividades em centros para idosos – alguns até oferecem transporte.
  • Envolva-se com organizações de serviços locais ou um programa de voluntariado nacional.
  • Junte-se a um clube que compartilhe um passatempo favorito, como tricô, clube de livros ou jardinagem.

Para os idosos que estão em casa ou têm condições de saúde que podem limitar as interações sociais, Chow oferece essas ideias adicionais:

2. Inscreva-se para excursões com visitantes voluntários de clubes de serviços locais ou programas específicos para idosos.

 

  • Participe de um programa de creche adulto onde outros provavelmente terão condições médicas e qualidade de vida.

 

3. Use da tecnologia para viver experiências como conversas em vídeo e para manter contato com familiares e amigos.

 

Outra ideia é convidar a família ou amigos a participar de uma atividade compartilhada, como a doação de cobertores de tricô para caridade ou para completar um quebra-cabeça. Essas são as melhores formas de evitar o isolamento social.

O serviço de teleassistência ao idoso é uma maneira de usar a tecnologia para proporcionar essa proximidade entre o idoso e a família. Isso gera novas experiências. O contato com a família é importante para o idoso. Esse serviço proporciona mais segurança e proteção para a melhor idade. Fortalecer o vínculo entre os familiares e o ente querido já de idade proporciona ao idoso satisfação.

 

Evitar o isolamento social favorece o coração

 

 

O que sabemos agora é que corações solitários são corações em risco, porque o isolamento social é um assassino  da qualidade de vida e do idoso.

  • O isolamento social está associado e um poderoso causador de doenças cardiovasculares, declínio cognitivo, institucionalização, acidente vascular cerebral, hospitalização, depressão e aumento do risco de suicídio.
  • Evitar o isolamento social está ligado a tudo, desde um menor risco de contrair um resfriado comum até ao fato de evitar o crescimento de um tumor em pacientes com câncer.
  • Em suma, as pessoas socialmente isoladas têm duas vezes mais probabilidades de morrer prematuramente (mesmo controlando outros fatores relevantes) do que as pessoas com muitas relações sociais.
  • Isso geralmente é válido para pessoas de todas as idades. As pessoas mais velhas, no entanto, podem precisar e responder a formas de apoio e intervenção um tanto diferentes para abordar o problema do isolamento.

 

Circunstâncias

 

 

Existe uma lista lamentavelmente longa de circunstâncias que podem colocar alguém em risco de isolamento social e suas repercussões. O isolamento físico e geográfico está entre os principais fatores de risco, afetando a qualidade de vida.

Outros incluem não ser capaz de dirigir, não ter boas opções de transporte, se identificar como LGBT, ter uma barreira de idiomas, ter uma deficiência e a morte de um cônjuge ou parceiro.

  • O Conselho Nacional Sobre o Envelhecimento estima que um em cada seis idosos enfrenta esses riscos e que as mulheres mais velhas estão em maior risco, representando mais de 60% dos idosos isolados.
  • Viver sozinho, ficar doente, ferido, ou perder um emprego pode desencadear isolamento social, de acordo com pesquisas da Fundação AARP, que financiou as organizações que trabalham para resolver o problema.

Ao tomar boas medidas para evitar o isolamento social entre os seus entes queridos, você pode melhorar a qualidade de vida deles e reduzir o risco de graves condições de saúde.

Siga as dicas acima e seja capaz de evitar o isolamento social de forma simples e rápida, fazendo com que tanto você quanto aqueles que você ama aproveitem seus momentos juntos com maior intensidade, qualidade de vida e significância!